[A CRISE DOS 30] – Fato ou Boato?

 

19512259_1748609168484437_2116041471_n

A primeira estrofe da música – Aquela dos 30, da cantora Sandy & Junior revela muito sobre essa fase da vida tão incrível que vamos falar agora! 

Hoje já é quinta-feira

E eu já tenho quase 30

Acabou a brincadeira

E aumentou em mim a pressa

De ser tudo o que eu queria

E ter mais tempo pra me exercer.

Que essa idade é um grande divisor de águas na vida de qualquer um isso não tem como negar, mas e essa coisa de crise, existe mesmo ou é conversa?

Para entender melhor como tudo isso acontece na cabeça feminina convidamos quatro jovens mulheres que já trintaram e vão nos ajudar a desvendar o mistério, Crise dos 30 é fato ou boato?! ;P

“Crise de idade sempre existiu. O contexto de época muda e está em constante mudança. Os valores mudam, portanto as gerações passam por crises, ou como prefiro chamar: expectativas diferentes, de acordo com o tempo vivido.” Diz Nathalia Carneiro, 30.

 


Nossa primeira convidada é a Nathalia Carneiro de 30 anos. Criativa, curiosa e inquieta, a Nath está sempre em busca de novos desafios. Nesse momento da vida está se preparando para encarar um novo ofício, Tattooar.


 

b972a330da8a7f0e7c541309b61ff78a

Algumas de nós acredita piamente que ela existe sim! Outras acham que crise é crise, não importa a idade, ela pode vir aos 20, 30 e/ou 50 e para cada fase um tipo de preocupação diferente. 

A Rafa Mendella de 31,  acredita que independente da idade essa é uma fase onde fazemos um balanço geral da vida vivida até aqui e que a partir dela todas as escolhas ganham um peso maior, como se não houvesse mais tempo para erros.“Parece que nessa idade todo erro é mais “fatal”, pois não temos mais o tempo que tínhamos com 20, o que torna as coisas mais definitivas. Por outro lado, temos mais consciência, então acabamos repensando tudo.”

 


A Rafaela Mendella tem 31 anos e também topou participar dando sua opinião sobre o tema. Aliás, opinião é com a Rafa mesmo! Mulher de personalidade forte e senso de justiça apurado, não deixa de defender seu ponto de vista e adora uma boa conversa principalmente se for acompanhada de uma, bem servida, xícara de café tipo a Lorelay Gilmore.


 

5aa82d25ff1141d105f7b665cbe4ed75

 

A sensação que dá é que nas vésperas dos 30 temos aquela coisa de Mulher Maravilha, queremos tudo e pra ontem, abraçamos todos os projetos na ânsia de concretizá-los antes dessa casa decimal tão esperada.

Pra você que ainda não chegou nessa idade e tá achando tudo muito distante da sua realidade saiba que vivemos em uma sociedade cheia de expectativas, até os trinta espera-se muito de uma mulher. Que ela já tenha arrumado um bom companheiro que lhe dê filhos. Que tenha um emprego estável para ter uma vida confortável. Esteja em sua melhor forma física e por ai vai!

A Evelyn Castro de 31 anos diz: ” Acho sacanagem a cobrança por corpo perfeito, justo quando nosso corpo desacelera! (…)devemos cuidar da saúde, mas até ai nada tem a ver com corpo perfeito. Já estudo, trabalho muitoo (…) namoro, cuido da casa, cozinho, vou a consultas médicas e ainda tenho que ir para academia malhar o bumbum? E durmo quando? rsrs” 

 


Nossa próxima convidada é a Evelyn Castro que recentemente completou 31 primaveras [ Parabéns!]. Ela tem um coração enorme e está sempre disposta a ajudar. Característica que pode enganar algum desavisado, a mulher é braba e tem a linguá bem afiada, não pise em seu calo pois ela não leva desaforo pra casa!


 

Disse tudo, Evy! É exatamente isso, com essa idade o metabolismo começa a desacelerar e parece que a coisa fica mesmo mais difícil nesse departamento ai. Concordo que é bem possível conseguir conciliar a agenda e planejar seu dia incluindo atividades físicas, mas fazer das tripas coração pra atender ao padrão de corpo perfeito imposto pela sociedade…PUXADO! #SomosTodasEvy!

41f357a80b533bea35eda139125c0995

Nesse ponto todas concordam que a auto-cobrança aumenta quando a sociedade se posiciona com expectativas que estão muito além da realidade de cada uma. A Nath Carneiro acredita que: A mulher se sente cobrada pela sociedade que ainda quer transmitir os valores antigos de geração em geração. (…) a mulher se cobra pq a sociedade está cobrando também.

E A Rafa Mendella diz:“(…) vejo com mais preocupação a cobrança da sociedade, pois exige que nos encaixemos em determinados padrões pré-definidos, e isso acaba por diminuir muito nossa auto-estima se não chegamos ao “ideal” nessa idade.”

 “E o que a sociedade cobra da mulher é exatamente o que a maioria das mulheres pensa que tem que ter quando se faz trinta anos. Até virem outras mulheres com novas atitudes que desconstroem esse tipo de pensamento fazendo a gente refletir sobre o que realmente a gente quer fazer e ser, né?” Finaliza Iara Negrini, 32.

 


A Iara Negrini tem 32 anos é uma mulher divertida que não se contenta com pouco, tudo pra ela precisa ser MARAVILHOSO(!). Está em sua quarta faculdade e entre temperos e especiarias sente que conseguiu se completar oferecendo aos outros sua maior forma de amor, seus pratos cheios de afeto! s2


 

Ai o tempo, implacável, passa voando, nem tudo da tão certo e a frustração chega, a angústia aumenta e a sensação de fracasso vai se aproximando, sínica, como se fosse bem-vinda e de repente pronto! Já estamos abraçadas a ela como velhas amigas!

collage

O fato é que se passarmos a viver buscando agradar padrões que não são nossos ai sim teremos uma vida vazia, fútil, inútil! Temos que nos perceber, saber o que de fato queremos para nossas vidas!

Medos, angústias e pré-ocupações podem até aparecer, mas quando você vive de acordo com a sua verdade nem o peso do tempo vai abalar sua estrutura!

Finalizamos a conversa com as meninas perguntando quais eram as delícias de já ter completado os 30 e a resposta ta aí:

 “Ser mulher já é uma delícia, aos 30 e com projetos, sabendo hoje o que fazer para realiza-los é uma maravilha. Dormir e acordar com a certeza que você é capaz, não desistir ou não ficar sentada esperando cair do céu é o que traz os prazeres, o caminho é maravilhoso e cheio de aprendizados isso é a delicia!” Evy Castro.

“Me sinto mais madura, solto meu cabelo sem medo de acharem estranho ( como na adolescência) , pelo contrário, entendi que meu cabelo é uma das principais características da minha miscigenação, causa essa pela qual eu brigo e faço questão de quanto mais armado melhor. Me sinto mais segura e empoderada!” Iara Negrini.

” A delicia de ter chegado aos 30 é definitivamente saber que tem muito ainda pela frente.” Nath Carneiro.

 “Adquiri mais maturidade e ponderação para os meus atos, coisa que nos meus 20 eu não tinha. Prefiro a sabedoria de hoje à inconsequência explosiva de ontem.”                  Rafa Mendella.

c638b8215a7e0f9176778cba35eaaecd

Com isso podemos concluir que “crises” vão acontecer em todas as fases da vida e o que importa de verdade é a forma como aprendemos a lidar com elas!

Agradeço o carinho dessas mulheres incríveis que contribuíram para que pudéssemos ampliar nossa visão sobre o tema, é sempre bom poder trocar ideias e pontos de vista diferentes!

Se você também tiver algo a dizer sobre esse assunto deixa um comentário, será ótimo!

Obrigada meninas!

 

 

Anúncios

4 comentários em “[A CRISE DOS 30] – Fato ou Boato?

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: