ARMÁRIO CÁPSULA – ENTREVISTA JESS [CAOS CRIATIVO]

13178921_1044184195649454_5127293350635000352_n

Olá!

Hoje trouxemos uma entrevista bem legal com uma guria que aderiu ao projeto ARMÁRIO CÁPSULA|SAZONAL.  A Armonie se identifica muito com esse conceito de praticidade e criatividade na hora de se vestir, nossas peças são atemporais com esse intuito, de facilitar todo o processo e deixá-lo mais prazeroso.

Nós já falamos um pouco sobre esse assunto por aqui, mas nada melhor do que conversar com alguém que está vivenciando essa experiência na pele.

O nome dela é Jéssica (eu já falei pra você..) mas conhecida como Jess Quirino e ela tem uma página chamada Caos Criativo, além de redes sociais como Facebook e Instagram onde fala sobre […pensamentos soltos e inspirações para uma vida mais simples e autoral.] tem de tudo um pouco, decoração, alimentação e moda. Vamos conhecer mais sobre ela e seu armário cápsula. Borá?!

 

 

ADOTAR ARMÁRIO CÁPSULA| SAZONAL – ENTREVISTA

[ARMONIE?] COMO VOCÊ CONHECEU O PROJETO ARMÁRIO CÁPSULA

[JESS] O conceito de armário cápsula é uma variante do armário sazonal o qual conheci através de blogs de organização, como o Vida Organizada. Na época, a ideia essa disseminada como um modelo de organização de vida sazonal, baseado em princípios de auto conhecimento e desapego daquilo que não fosse essencial. Eu me tornei adepta desses princípios e comecei a praticar o armário sazonal, que hoje todo mundo conhece como armário cápsula.

[ARMONIE?] O QUE TE FEZ TOMAR DECISÃO DE ADERI-LO?

[JESS] A necessidade de poupar espaço. Eu sai da casa dos meus pais onde tinha muito espaço e muita roupa, sapatos e acessórios, e precisei dividir um armário com o namorado em uma casa muito pequena. Foi necessário procurar métodos de gerenciar essa situação da melhor forma, e então quando conheci as ideias minimalistas, logo me tornei adepta desse principio de vida, o que me trouxe cada vez mais próxima do armário sazonal/cápsula.

[ARMONIE?] QUAIS AS VANTAGENS DE ADOTAR O ARMÁRIO CÁPSULA?

[JESS] Várias.  No meu caso, além de poupar espaço, eu passei a comprar menos, o que me fez economizar muito. Comecei a perceber mais nitidamente as coisas que eu realmente gostava, o que me levou a um processo de redefinição de estilo, compras mais conscientes e mediadas. E acima de tudo, o motivo pelo qual eu mantenho essa brincadeira há 3 anos é que eu me divirto demais separando as roupas da estação. É uma tradição só minha, um dia especial há cada 3 meses.

[ARMONIE?] QUANTAS PEÇAS VOCÊ SEPAROU PARA ESSA TEMPORADA?

[JESS] Não vou saber dizer porque nunca me prendi a números. Acredito que eles não são nenhum pouco importantes. Atualmente eu tenho muito poucas roupas porque trabalho em casa e não tenho necessidade de ter um armário abarrotado. Mas esse é um padrão da minha vida, e não se aplica a todo mundo. Acho importante esse grifo porque muito gente entende o armário sazonal/capsula como algo limitante em relação a quantidade de peças. E apesar de ter um movimento que restringe isso, eu nunca fui adepta, e particularmente acho desnecessária essa restrição.

[ARMONIE?] QUAIS CRITÉRIOS VOCÊ USOU PARA ESCOLHER AS PEÇAS QUE MANTERIA NO GUARDA-ROUPA E AS QUE VOCÊ DOARIA E/OU JOGARIA FORA?

[JESS] Esse processo ocorreu gradualmente ao longo desses 3 anos, e teve um ápice no fim do ano passado, quando fiz algo mais “radical” me livrando das últimas peças que ainda mantinha por medo de doar. Meus critérios foram bem semelhantes ao que a Thais (vida organizada) promove em seu blog: não usou no último ano? Vale a pena manter? É algo difícil de repor caso você se arrependa? Você realmente precisa disso para se lembrar desse momento/pessoa e etc?

Eu cheguei a guardar uma peça nesses últimos 3 anos sem ter coragem de doar porque achava linda (embora eu não conseguisse usar). Depois de 3 anos ficou claro pra mim que uma atitude precisava ser tomada, então eu acabei doando. Mas é isso, na maior parte das vezes a gente se apega por motivos diversos, mas que podem ser pensados a luz desses 4 critérios. E se depois de passar por eles a resposta for não para tudo, fica mais fácil doar.

[ARMONIE?] QUAIS FORAM AS DIFICULDADES NA HORA DE FAZER ESSA MUDANÇA? VOCÊ SENTIU OU AINDA SENTE DIFICULDADE PARA MONTAR LOOKS COM POUCAS PEÇAS?

[JESS] Não tive grandes dificuldades porque foi um processo gradual que levou 3 anos. No começo eu ficava confusa por perceber que minhas roupas não combinavam entre si. Mas isso foi sendo superado a medida que fiz o exercício de repensar meu estilo e avaliar realmente aquilo que tem a ver comigo. Hoje minhas roupas combinam entre si, porque tem uma coordenação pensada e trabalhada para isso.

[ARMONIE?] QUAL FOI A MAIOR MUDANÇA QUE HOUVE EM SUA VIDA DEPOIS DO ARMÁRIO CAPSULA?

[JESS] A minha relação com o tempo e a minha noção de estilo. Com o tempo porque comecei a reparar mais na diferença das estações. Vivendo em São Paulo a gente sempre acha que aqui não temos estações definidas, mas quando paramos para observar realmente esse movimento do tempo, descobrimos que a sua maneira, todos lugares tem um ciclo próprio que se repete. É algo bobo, mas que mudou minha percepção de tudo ao meu redor se entendeu por muitas outras áreas da vida.

Em relação à questão do estilo, porque comecei a ver que eu me perdia demais em tendências e coisas que não tinham nada a ver comigo de fato. Comecei a perceber que tipo de corte/tecido/cor/estampa me agradava mais, e hoje acho que tudo isso é mais coerente, e por consequência, mais fácil.

[ARMONIE?] OS CRITÉRIOS PARA COMPRAR NOVAS PEÇAS DE ROUPA MUDARAM?

[JESS] Sim! Hoje sei mais qual tipo de corte me favorece. Evito certos estilos que eu acho bonito mas que na hora H não me cabem (tipo coisas muito românticas), tenho uma cartela de cores mais objetiva ( parei de comprar coisas nas cores que frequentemente ficavam encalhadas no armário). Ou seja, de forma geral o auto conhecimento traz essa percepção mais clara do que comprar ou do que não comprar.  Além disso, priorizo peças que tenham uma qualidade maior (dentro da minha realidade econômica) para que elas não precisem ser substituídas tão cedo.

[ARMONIE?] QUAL SUA DICA PARA QUEM ESTÁ QUERENDO ADERIR AO ARMÁRIO CAPSULA?

[JESS] Se você se interessou, faça. Toda nova ideia é válida de ser testada. Não tenha medo de ser clichê ou ficar restrito, porque não é a ideia. Experimente, adapte, não siga regras, avalie os princípios. Aquilo que  fizer sentido para você, pode ser algo interessante de trazer para a sua vida. E para finalizar, indicaria que você buscasse implementar essas mudanças de forma gradual, porque tem maior chance de se tornar algo sólido em sua vida.  Porém mais uma vez, isso não é uma regra. Busque seu próprio caminho.

____________________________________________________________

Ai está! Essa foi a Jess Quirino dividindo com a gente sua experiência que vai além do guarda-roupa, é um novo conceito de vida mais simples e despreocupada. Vocês conseguem encontrar a Jess nas redes sociais linkadas acima. 😉

Jess, obrigada pelo atenção e o carinho em nos responder!

 

 

 

Anúncios

Um comentário em “ARMÁRIO CÁPSULA – ENTREVISTA JESS [CAOS CRIATIVO]

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: